Parteiras querem regulamentar a profissão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de outubro de 2003 as 03:11, por: cdb

A regulamentação da profissão é a principal reivindicação das parteiras do país. No 4º Encontro Nacional, realizado em Brasília, elas decidiram que vão se mobilizar para conseguir direitos sociais.
 
De acordo com a coordenadora do encontro, Sueli Costa, existem atualmente no país cerca de 60 mil parteiras que não recebem qualquer benefício do governo pelo trabalho que desempenham.

As parteiras ganharam o apoio da deputada Janete Capiberibe (PT-SP), que apresentou um projeto de lei na Câmara dos Deputados prevendo o pagamento dos partos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
 
Com a regulamentação da profissão, as parteiras teriam direito à aposentadoria paga pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). De acordo com a Coordenação Nacional do Movimento, apenas o Estado do Amapá oferece ajuda às parteiras. Na avaliação da deputada, a aprovação de uma lei federal resolveria o problema em todo o país.