Parlamento permitiu que a Família Real volte a Itália

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 12 de julho de 2002 as 09:02, por: cdb

.

Família Real foi implantado em 1948, dois anos depois da vitória dos republicanos sobre os monarquistas, num plebiscito nacional. Mas Umberto II, o ex-rei italiano, quando a monarquia foi abolida, já havia fugido para Portugal. Entre os pecados da Família Real Italiana, estava o apoio que ela havia dado a Mussolini e ao regime fascista e a simpatia que tinha por Hitler e pela Alemanha nazista. Apesar disso, a Casa de Savoia sobreviveu a vitória aliada e tentou conquistar a ajuda americana para se manter no poder. A reação popular foi tão violenta que Umberto II não esperou pelo plebiscito para fugir do país com sua família.Logo depois que a mudança foi aprovada, Vitório Emanuele Savoia, filho do último rei, deu uma declaração expressando sua profunda gratidão a todos os membros do Parlamento, mas não revelou quando a família pretende retornar a Itália.