Parlamento australiano decide fechar redutos de violência

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 15 de dezembro de 2005 as 09:57, por: cdb

Uma sessão de emergência do Parlamento australiano aprovou nesta quinta-feira leis especiais permitindo à polícia de Sydney “fechar” partes da maior cidade do país para acabar com conflitos raciais. Após duas noites de violência racial nos subúrbios de Sydney, a Assembléia do Estado de Nova Gales do Sul também aumentou as penas para envolvimento em distúrbios.

– Baderneiros e criminosos efetivamente declararam guerra à nossa sociedade e não os deixaremos afetar nosso estilo de vida –  afirmou Morris Iemma, líder do Estado.

A polícia também recebeu poderes para proibir o consumo de bebidas alcoólicas. A violência racial começou em Sydney no domingo passado, quando cerca de 3.000 jovens atacaram pessoas que pareciam de ascendência do Oriente Médio, dizendo que defendiam suas praias de gangues de jovens libaneses.