Parlamentares pedem prorrogação dos trabalhos da CPI das Sanguessugas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 14 de novembro de 2006 as 20:53, por: cdb

Os membros da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Sanguessugas, deputados Fernando Gabeira (PV-RJ) e Raul Jungmann (PPS-PE) e senadora Heloísa Helena (PSOL-AL), apresentaram ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), uma questão de ordem para solicitar informações sobre a possibilidade de prorrogar o prazo dos trabalhos da comissão. O prazo incial previsto para a CPI terminar o trabalho é 19 de dezembro, quando o relatório final dos trabalhos de investigação.

O argumento dos parlamentares é que o regimento da Câmara dos Deputados abre um brecha para prolongar o trabalho de investigações. Isso porque haveria a possilidade, segundo as regras da Câmara, de adiar o prazo desde que a nova data não ultrapasse o fim da atual legislatura, ou seja, final de janeiro de 2007. Mesmo que ela necessite funcionar durante o recesso parlamentar.

Já o regimento do Senado não dispõe sobre o assunto, segundo o deputado Raul Jungmann. Ele também precisa ser levado em conta porque a comissão é mista entre deputados e senadores.

– A posição dos três partidos (PPS, PV e PSOL) é que prorrogação. Se esse for o entendimento, vamos coletar um terço de assinaturas nas duas casas para apresentarmos formalmente o pedido de prorrogação -, disse Jungmann.

Indagado sobre a possibilidade de o relatório findal da CPI não trazer avanços ou mesmo ser votado, o deputado respondeu que a CPI ” não acabará em pizza”.

– Vamos ter um relatório sim. A CPI não vai acabar em pizza. Vamos denunciar qualquer tipo de operação abafa -, disse.