Parceria divulga relatório sobre unidades de triagem

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de março de 2012 as 13:57, por: cdb

26/03/2012 16:47:21

O Banco do Brasil apresenta nesta quarta-feira, 28, às 15h, estudo sobre as 18 unidades de triagem de resíduos sólidos de Porto Alegre conveniadas com o Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU). O estudo, realizado pelo setor de Desenvolvimento Regional Sustentável do Banco do Brasil em parceria com a prefeitura da Capital, irá apontar possíveis melhorias na gestão e no faturamento das unidades, com o objetivo de proporcionar maiores ganhos aos trabalhadores que nelas atuam. A ação integra o Programa de Redução Gradativa do Número de Veículos de Tração Animal (VTAs) e de Veículos de Tração Humana (VTHs) – em linguagem coloquial, as carroças e carrinhos utilizadas hoje pelos chamados catadores.

“Ao mesmo tempo em que agimos para cumprir a determinação legal de eliminar carroças e carrinhos do trânsito da cidade, nos esforçamos para assegurar melhores condições de renda e de vida para os trabalhadores do setor”, diz a coordenadora do programa, Denise de Souza Costa. De acordo com a coordenadora, o diagnóstico do Banco do Brasil aborda questões de gestão das unidades de triagem, área em que estão concentrados os principais problemas dos empreendimentos.

O diagnóstico deverá resultar na adoção de métodos e processos que assegurem maior eficiência às unidades de triagem. O estudo também oferecerá subsídios para a criação de unidade modelo que sirva de referência para novos empreendimentos. Denise prevê que, com o avanço do programa de redução de carroças e carrinhos, até seis novas unidades sejam implantadas em Porto Alegre.

A apresentação do diagnóstico ocorrerá na Superintendência Regional do Banco do Brasil, na rua Honório Silveira Dias, 1830, no Bairro Higienópolis, em Porto Alegre.
 

/triagem

Texto de: Poti Campos
Edição de: Gilmar Martins
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.