Para o rei da Jordânia países vizinhos não devem se envolver

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 13 de outubro de 2003 as 04:53, por: cdb

O Rei Abdullah da Jordânia disse nesta segunda-feira que apóia um papel maior da comunidade internacional no Iraque, mas disse que paises vizinhos não devem estar envolvidos porque todos têm uma agenda.

Ao falar numa sessão do Fórum Econômico Mundial em Cingapura a caminho de uma reunião da Organização da Conferência Islâmica, em Kuala Lumpur, ele disse que desejava que o encontro vá além da retórica e tome medidas para resolver as dificuldades no Iraque. Abdullah disse que espera que termine logo a crise no Irã.    

– Nenhum país que faz fronteira com o Iraque deve ter um papel ativo porque todos têm uma agenda. Não é do interesse do Iraque que os vizinhos não possam ser honestos – disse Abdullah.

A Jordânia vai fornecer treinamento para cerca de 30 mil policiais iraquiano mas em seu próprio solo e não no Iraque.