Para Mantega, êxodo financeiro só em casos isolados

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 22 de junho de 2004 as 11:10, por: cdb

Ministro do Planejamento, Guido Mantega disse, nesta terça-feira, em entrevista após palestra a empresários paulistas, que vê de forma pontual os anúncios de empresas estrangeiras que estariam deixando de investir no Brasil ou até planejando deixar o país.

– Estes são casos isolados – afirmou, após seminário sobre investimentos em infra-estrutura.

Segundo o ministro, as empresas têm realizado novos investimentos no país e as regras estabelecidas pelo governo garantem boa rentabilidade.

– Os contatos que temos tido no setor privado são estimulantes, aqui e no exterior – garantiu.

Ele acredita que o projeto que estabelece as Parcerias Público Privadas (PPPs) será aprovado no Senado, até o próximo mês de julho, antes do recesso parlamentar. A expectativa foi anunciada pelo ministro do Planejamento Orçamento e Gestão, Guido Mantega, em um hotel da Zona Sul de São Paulo.

Mantega viajou nesta nesta terça-feira para Nova York, na comitiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para esta quarta-feira, ele tem na agenda uma reunião com cerca de 500 empresários norte-americanos, a maioria representantes de grandes fundos de pensão, aos quais o ministro do Planejamento irá apresentar o projeto de parcerias público-privadas.

– Eles estão em busca de bons negócios, que tenham maior rentabilidade do que a que está sendo obtida nos países desenvolvidos e no mercado financeiro – afirmou.