Para Alckmin, Brasil ‘tem oposição de primeiro mundo’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 30 de março de 2004 as 02:26, por: cdb

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse na última segunda-feira, em Fortaleza (CE), que o Brasil ‘tem uma oposição de Primeiro Mundo’.
 
– É uma oposição fiscalizadora, como deve existir no regime democrático; uma oposição de propostas alternativas e no caso nosso de governadores, de parceria. Nós temos responsabilidade de governo. E temos dado exemplo ao trabalharmos baseado no interesse público – falou.
 
 A reação do governador paulista foi ao pronunciamento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que criticou hoje em São Paulo a oposição de criar crises. Segundo Alckmin, o ‘Brasil necessita urgentemente de geração de emprego e renda. E essa é disposição dos governadores, que fazem uma permanente interface com os níveis de governo e com a sociedade civil’. Para Alckmin, bate-boca de político não ajuda a população.
 
– E nós não iremos contribuir para isso – afirmou.

Já o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, também presente à reunião dos governadores tucanos em Fortaleza, afirmou que ‘as coisas andam de certa forma confusas no país. Em determinado momento se cobra da oposição um papel que não é dela. Que é da base de sustentação’.

Conforme o governador mineiro, os maiores problemas que o Governo Lula está vivendo atualmente foram gerados não na oposição, mas dentro de sua própria base de apoio.