Papa visitará a Bósnia em sua 101ª viagem apostólica

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 12 de junho de 2003 as 15:48, por: cdb

O papa João Paulo 2º anunciou nesta quinta-feira que a sua 101ª viagem apostólica será na Bósnia, no dia 22 de junho. Depois de um evento no Vaticano que celebrou nesta quinta-feira a 100ª viagem do papa, realizada na Croácia, entre os dias 5 e 9 de junho, foi anunciado o programa da próxima viagem.

No dia 22, João Paulo 2º deve chegar em Banja Luka, principal cidade da República Sérvia da Bósnia, uma das duas entidades autônomas do país.

Na cidade, o papa beatificará Ivan Merz, catequizador laico, professor de francês e alemão, natural de Banja Luka e morto em 1927, aos 31 anos de idade.

João Paulo 2º também se reunirá com os bispos do país e com os presidentes da República Sérvia, da República da Bósnia-Herzegóvina e membros do conselho interreligioso do país.

O país tem cerca de 4 milhões de habitantes, dos quais 460 mil são católicos, aproximadamente 11,3% da população.

O pontífice prevê realizar outras viagens este ano, mas nenhuma foi anunciada oficialmente.

Na cerimônia ocorrida nesta quinta-feira, o papa declarou que, nas suas 100 viagens, sempre quis reunir-se com todo o mundo: cristãos, judeus, muçulmanos e e fiéis de qualquer religião para confirmar “o compromisso concreto da Igreja Católica com o diálogo e a colaboração necessária de todos os homens para construir um mundo melhor”.

Doença

Em sua viagem à Croácia, o papa voltou a falar de sua própria morte. Visitando o santuário da cidade portuária de Rijeka, o papa anunciou em comentários improvisados que estava deixando para trás um rosário de ouro, e acrescentou: “espero que rezem por mim durante minha vida e após minha morte”.

O pontífice, que sofre do mal de Parkinson e de outras doenças, tem falado sobre sua própria morte. No dia 19 de maio, o papa fez referência à sua própria morte ao dirigir-se aos 20 mil peregrinos poloneses congregados na praça São Pedro.

– Cada vez mais me conscientizo de que se aproxima o momento em que devo me apresentar diante de Deus e prestar conta de toda minha vida, de minha juventude em Wadowice, depois na Cracóvia e em Roma – afirmou o papa, falando em polonês.

João Paulo é o quarto papa em tempo de pontificado da história, e completará, no dia 16 de outubro, 25 anos da eleição para o cargo.