Papa pede aos católicos que orem por sua próxima visita à Croácia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 4 de junho de 2003 as 18:44, por: cdb

O papa João Paulo 2º pediu nesta quarta-feira aos católicos que orem por sua visita de cinco dias a Croácia – que será sua centésima viagem ao exterior e a terceira ao país.

Ao se dirigir aos quase 20 mil peregrinos reunidos na Praça de São Pedro, o papa falou sobre o principal objetivo de sua viagem que começa na próxima quinta-feira.

– Confirmar a fé dos católicos desse país, dos que durante a perseguição religiosa, permaneceram fiéis a Cristo – disse.

Para o papa, os católicos croatas “reforçaram as estruturas da Igreja e se dedicaram a uma ação evangelizadora incisiva no decorrer dos últimos 13 anos, desde o dia em que se aprovou a independência do país”.

Homenagem à Virgem

João Paulo 2º dedicou sua centésima viagem à Virgem, “muito venerada” na Croácia, para que guie e dê ao povo croata “uma primavera renovada em sua fé e no progresso civil”.

O papa encontrará um país muito diferente daquele que visitou pela primeira vez em 1994, quando a guerra afetava os Balcãs e os católicos eram discriminados.

O Vaticano, que foi o primeiro Estado do mundo a reconhecer oficialmente e unilateralmente a Croácia, no dia 13 de janeiro de 1992, foi acusado de, com esta decisão, ter contribuído para aprofundar o conflito religioso na região.

Em 1998, o papa visitou de novo o país e elogiou sua renovação democrática. Em 2003, João Paulo 2º encontrará uma Croácia que deseja integrar a União Européia.

Problemas de saúde

De 5 a 9 de junho, o “protetor da Croácia” realizará um esforço notável, levando-se em consideração seus 83 anos de idade, seu delicado estado de saúde, além dos problemas para caminhar e os tremores causados pelo mal de Parkinson.

Durante sua terceira viagem a Croácia, país de quase de 4,5 milhões de habitantes, dos quais 72% se declaram católicos, o papa visitará Rijeka (noroeste), Drubovnik e Zadar (sul), além de Osijek e Djakovo (leste). Para isso, João Paulo 2º se deslocará diariamente de avião.

O Sumo Pontífice beatificará na próxima sexta-feira, no porto de Dubrovnik, a religiosa Marija Petkovic, nascida na ilha de Korcula no dia 10 de dezembro de 1892, fundadora de uma instituição para a educação de mulheres pobres inspirada na Virgem Maria e com diversas filiais na América Latina.

O papa dedicará sua peregrinação a um tema importante para os católicos: “A família: Caminho da Igreja e do povo”.

Na próxima segunda-feira, João Paulo 2º retornará a Roma após uma breve escala na cidade de Zadar, também na Croácia.

Com sua terceira visita em 25 anos de pontificado a Croácia, país que faz fronteira tanto ao leste como ao sul com a Europa ortodoxa e islâmica, João Paulo 2º reitera a importância que concede a este país, o segundo mais visitado do leste europeu, depois da Polônia, seu país de nascimento.