Palocci considera possível queda dos juros para um dígito

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 20 de junho de 2003 as 19:54, por: cdb

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, considerou factível a possibilidade de os juros reais no país cairem para um dígito ao longo do governo.

– Isto está nos nossos objetivos – afirmou, em entrevista na capital dos EUA. O ministro evitou, no entanto, vincular a queda de juros para um dígito à taxa básica (Selic) que é definida pelo Copom.

Ele exemplificou: atualmente, a Selic é de 26%, mas, se for descontada a inflação passada, a taxa de juros real é de 15% e, se for descontada a inflação futura, é de 4%.

Ao comentar a declaração do ministro Luiz Fernando Furlan (Desenvolvimimento) de que a Selic poderia cair para um dígito até 2006, Palocci afirmou, rindo, que não poderia jamais contradizer uma estimativa otimista de um colega de equipe.

– Eu admiro o otimismo do Furlan – disse.