Palocci acredita em queda da Selic nesta quarta

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 20 de outubro de 2003 as 17:02, por: cdb

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, disse nesta segunda-feira que espera redução na taxa básica da economia (Selic) na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central marcada para terça-feira e quarta-feira. A decisão sobre a Selic sai na quarta-feira, a partir das 18h.

Segundo o ministro, a queda nos juros é uma decisão tomada já na meta de inflação para o ano que vem.

— Na medida em que o comportamento dos indicadores forem favoráveis, os juros vão caindo naturalmente. Agora, a decisão da queda de juros é uma decisão técnica que só cabe ao Copom — ressaltou Palocci.

Mesmo sem arriscar índices, uma vez que o ministro deixou claro que não comenta decisões técnicas do Copom, Palocci garantiu que a queda nos juros é uma das metas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

— Vamos trabalhar para que ao longo do tempo o Brasil possa ter juros menores. Esse é o objetivo da política econômica do governo. Fazer com que ao longo do tempo a gente possa ter os investimentos que o Brasil precisa, o crescimento que o Brasil busca e, certamente para isso, ter uma estrutura macroeconômica que faça os indicadores do país evoluírem favoravelmente — enfatizou o ministro.

Na avaliação de Palocci, “tudo” evoluiu favoravelmente em 2003 para que os juros pudessem cair. “Vamos continuar trabalhando para que isso prossiga”, concluiu.

Nesta segunda-feira pela manhã, o vice-presidente José Alencar, em seminário na cidade de São Paulo, ressaltou que os juros estão altos demais, mesmo se comparado aos juros praticados em países com economia próximas da brasileira.