Palestinos e polícia se enfrentam em Jerusalém

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de fevereiro de 2007 as 11:01, por: cdb

A polícia israelense entrou em confronto com fiéis palestinos em Jerusalém, próximo à mesquita de Al-Aqsa, uma das mais importantes do mundo islâmico, na manhã desta sexta-feira.

Usando balas de borracha e bombas de efeito moral, a polícia tentou dispersar os manifestantes. Forças de segurança israelense chegaram ao local para conter o tumulto. Policiais e manifestantes ficaram feridos, mas não há números divulgados.

O local tem sido palco de tensão há dias, desde o início de um projeto de construção israelense que, segundo os manifestantes muçulmanos, colocaria em risco a estrutura da mesquita, que fica em um complexo sagrado para judeus e muçulmanos.

Líderes árabes e muçulmanos criticaram as obras propostas pelo governo israelense, dizendo que elas violam um lugar sagrado, mas Israel diz que as obras são necessárias para aumentar a segurança dos visitantes.

O lugar onde está a mesquita de Al-Aqsa é sagrado para os muçulmanos não só pela mesquita mas também pelo Domo da Rocha, que é um dos pontos-chave no conflito do Oriente Médio.

O local em que fica o Domo também é venerado pelos judeus, por ser onde ficava um antigo templo, destruído pelos romanos por volta no século um.

O acesso à mesquita de Al-Aqsa agora é restrito a mulheres e a muçulmanos com mais de 45 anos, todos portadores de identificação expedida por Israel.