Padeiro é assassinado dentro do carro em São Paulo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 7 de outubro de 2003 as 04:34, por: cdb

O padeiro Agnaldo José da Silva, de 34 anos, foi morto com três tiros na frente da casa de uma amiga, na Rua Cunha Mattos, número 90, região do Rio Pequeno, Zona Oeste da capital paulista, na noite da última segunda-feira.

A amiga disse que estava dentro de casa quando o crime ocorreu. Ela disse aos policiais militares que chegou a ouvir os tiros, mas inicialmente nem se preocupou, pois nas proximidades há uma favela, onde ocorrem tiroteios. Quando olhou pela janela viu o carro Saveiro de cor Branca de Agnaldo. Ao sair de casa, viu o rapaz ferido com tiros.

Policiais Militares foram chamados e levaram Agnaldo para o Pronto Socorro Universitário, nas proximidades, mas não resistiu e morreu. Nada foi roubado do carro e os policiais civis do Distrito de número 51, no Butantã, investigam as causas do crime. O caso foi registrado como homicídio.