Outubro bate recorde em venda de automóveis em São Paulo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 4 de novembro de 2003 as 02:41, por: cdb

As vendas de automóveis e comerciais leves em outubro bateram recorde do ano, com 133 mil unidades, um aumento de 12,5% em relação a setembro, mas apenas 0,2% acima do resultado de igual mês de 2002. Somando caminhões e ônibus, o volume deve chegar a 140,8 mil unidades, um dos melhores resultados do setor nos últimos dois anos.

No caso dos veículos de passageiros, o desempenho foi puxado pela redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) – em vigor até o fim do mês -, pela queda nos juros e promoções realizadas por todas as marcas. Ainda assim, no acumulado do ano os negócios apresentam queda de 8,6% na comparação com igual período de 2002 e somam 1,062 milhão de unidades.
 
Os números são referentes aos licenciamentos registrados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O resultado oficial será divulgado quinta-feira pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos (Anfavea).

A disputa pela liderança no mercado continua acirrada entre Fiat e General Motors.
 
Em outubro, a Fiat ficou em primeiro lugar, com 34,1 mil unidades vendidas, ante 33 mil da concorrente. No acumulado do ano, a marca italiana também é líder, com 24,6% de participação. A GM tem 24,3%, com 3,6 mil carros de diferença. A Volkswagen segue em terceiro lugar, com 21,9% de participação e a Ford mantém-se na quarta posição, com 11,2%.