Otan diz que vai assumir o comando militar na Líbia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 27 de março de 2011 as 14:35, por: cdb

Daniella Jinkings
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) vai assumir o comando de todas as operações militares na Líbia. De acordo com o comunicado divulgado hoje (27), o objetivo é proteger os civis e áreas com população civil sob a ameaça de ataque a partir do regime de  Muammar Khadafi.

“Nossa Otan vai implementar todos os aspectos da resolução da Organização das Nações Unidas (ONU). Nada mais, nada menos. Este é um passo muito significativo, o que comprova a capacidade da Otan para tomar medidas decisivas”, diz a nota.

Na semana passada, a Otan desenvolveu um pacote completo de ações de apoio à resolução das Nações Unidas. No comunicado, a Otan afirma que está  “atuando em estreita coordenação com os nossos parceiros regionais e internacionais para proteger o povo da Líbia”.

A situação na Líbia é crítica. Desde fevereiro, rebeldes tentam por fim aos mais de 40 anos de Khadafi no poder. A retaliação do líder líbio foi violenta e levou a ONU a aprovar a criação de uma zona de exclusão aérea para proteger os civis do país. A operação, até então liderada pelos Estados Unidos juntamente com a França e o Reino Unido, visa a manter uma zona de exclusão aérea na Líbia.

 

Edição: Rivadavia Severo

Internacionallíbiaotan