ONU não vai realizar sessão especial sobre direitos humanos no Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de março de 2003 as 11:08, por: cdb

A Comissão de Direitos Humanos da ONU votou nesta quinta-feira contra a realização de uma sessão especial sobre os efeitos da guerra na população do Iraque, apesar da iniciativa apresentada por nove países e liderada pela Síria.

A proposta de dedicar uma sessão especial à situação humanitária no Iraque recebeu 25 votos contra, 18 a favor e 7 abstenções, dos 53 Estados membros que integram essa Comissão das Nações Unidas, reunida em Genebra.

A iniciativa síria obteve inicialmente o respaldo do Sudão, da Malásia, Líbia, Burkina Fasso, do Zimbábue, da Argélia, Rússia e República Democrática do Congo.

Também votaram a favor de uma reunião especial Brasil, China, Cuba, Venezuela e numerosos países em desenvolvimento.

No entanto, rejeitaram a iniciativa os representantes dos Estados Unidos, da Austrália, do Canadá, Japão, da Argentina, Costa Rica, Guatemala, do México, Peru, Paraguai, Uruguai e dos países da União Européia integrantes dessa Comissão, ou seja Reino Unido, França, Alemanha, Áustria, Suécia e Irlanda.