ONU apoia reavaliação do sistema de segurança nuclear

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 25 de março de 2011 as 12:15, por: cdb

Afirmação foi feita por Secretário-Geral após reunião de alto nível, nesta sexta-feira, em Nova York sobre a resposta internacional à situação da central nuclear de Fukushima Daichi.

Central de Fukushima Daichi

As Nações Unidas afirmaram que a crise nuclear no Japão levou a apelos para que a resposta global e o sistema de segurança nuclear sejam reavaliados.

Num encontro de alto nível, nesta sexta-feira, o Secretário-Geral, Ban Ki-moon, disse que apoia estes pedidos. A reunião serviu para discutir a reação da comunidade internacional à crise da central atômica de Fukushima Daichi.

Papel Central

Participaram do encontro, por video conferência, o diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, Yukiya Amano, e chefes de outras agências da ONU, incluindo a Organização Mundial de Meteorologia.

Ban lembrou que embora os países sejam os principais responsáveis pela segurança de instalações nucleares, a Aiea tem um papel central a desempenhar na aplicação dos padrões de segurança e de desenvolvimento das centrais atômicas.

Ban disse ao governo e ao povo japoneses que as organizações internacionais que estão participando da resposta, estão ao lado do país asiático na tentativa de se recuperar do desastre causado pelo terremoto e tsunami do último dia 11.

Nesta sexta-feira, o Japão iniciou uma investigação sobre o vazamento nuclear em Fukushima, que levou dois funcionários da usina a serem hospitalizados.

Segundo agências de notícias, a tragédia no Japão matou cerca de 10 mil pessoas. E mais de 17 mil estão desaparecidas.