ONS avalia causas de novo apagão no Rio e Espírito Santo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 7 de janeiro de 2005 as 17:39, por: cdb

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) avalia em conjunto com os agentes envolvidos a causa do apagão iniciado nesta sexta-feira às 15h18 e que interrompeu o fornecimento de energia no Norte fluminense e em grande parte do Espírito Santo.

De acordo com informação da assessoria de imprensa do ONS, o abastecimento de energia sofreu queda nas linhas de Adrianópolis/Macaé, Macaé/Campos e Campos/Vitória, todas de 345 KV, circuitos 1 e 2, administradas por Furnas Centrais Elétricas; além das linhas Governador Valadares/Mascarenhas, de 230 KV, da Cemig/Excelsa, e Campos/Cachoeira do Itapemirim, de 138 KV, da Ampla.

Ao todo, foram interrompidos mil MW de energia da Excelsa e da Ampla. O ONS não tem dados relativos ao total de energia interrompida em Furnas. Três transformadores da subestação da cidade de Campos (RJ) sofreram queda de 345 KV, enquanto a Usina Térmica de Macaé, no Norte fluminense, teve 323 MW de geração interrompidos. O ONS informou ainda que, às 16h20, 60% da carga interrompida já haviam sido restabelecida nas áreas afetadas.