Ondas gigantes matam mais de 157 mil pessoas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 11 de janeiro de 2005 as 07:58, por: cdb

As ondas gigantes de 26 de dezembro causaram pelo menos 157.582 mortes no sudeste asiático, além de milhares de desaparecidos, segundo uma última contagem estabelecida com os dados provisórios divulgados pelos países afetados.

– Indonésia: 105.262 mortos, 10.046 desaparecidos e 651.132 desabrigados.

– Sri Lanka: 30.725 mortos, 5.903 desaparecidos, 491.008 desabrigados e 15.

122 feridos.

– Índia: 10.136 mortos e 5.630 desaparecidos, considerados mortos. A maioria dos desaparecidos (5.544) estava nas ilhas de Andaman e Nicobar, dois arquipélagos que ficam próximos ao epicentro do tremor, que têm 1.310 mortes confirmadas.

– Tailândia: 5.309 mortos, sendo 1.728 tailandeses, 1.240 estrangeiros. Ainda não foi possível determinar a nacionalidade de outras 2.341 pessoas. Há ainda 3.370 desaparecidos, incluindo 1.102 estrangeiros.

– Maldivas: 82 mortos, 26 desaparecidos e 13.000 desabrigados.

– Malásia: 68 mortos e muitos desaparecidos na ilha turística de Penang e no estado vizinho de Kedah.

– Mianmar: 59 mortos e 3.200 pessoas sem casas.

– Bangladesh: dois mortos no naufrágio de um barco de turistas.

– África: o maremoto também afetou a costa oriental da África.

Na Somália, pelo menos 298 pessoas morreram e 17.000 famílias ficaram desabrigadas.

Na Tanzânia, pelo menos 10 pessoas morreram afogadas.

No Quênia, um homem morreu afogado perto de Mombasa.

BALANÇO DE MORTES:

Indonésia: 105.262

Sri Lanka: 30.725

Índia: 15.766 (5.630 desaparecidos considerados mortos)

Tailândia: 5.309

Maldivas: 82

Malásia: 68

Mianmar: 59

Bangladesh: 2

Somália: 298

Tanzânia: 10

Quênia: 1

Total : 157.582