OMS diz que há 45 milhões de cegos no mundo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 9 de outubro de 2003 as 11:06, por: cdb

Dados da Organização Mundial da Saúde indicam que entre 40 e 45 milhões de pessoas não enxergam no mundo todo, e outras 136 milhões sofrem algum tipo de deficiência visual. A OMS informa ainda que 80% dos casos de perda de visão poderiam ser evitados ou tratados.

Os números foram anunciados nesta quinta-feira pela OMS e a Organização Mundial contra a cegueira por ocasião do dia mundial da visão Vision 2020. A Vision 2020 lança hoje um dossiê em CD-ROM com recomendações técnicas e práticas destinadas a ajudar governos e profissionais da saúde a elaborar planos nacionais de prevenção à cegueira com o objetivo de eliminar a cegueira evitável até 2020.

As últimas pesquisas mostram que aumenta o número de pessoas que perdem a visão apesar de poder ser evitado, declarou o diretor-geral da OMS, Lee Mong-wook. Aproximadamente 90% dos casos de cegueira acontecem nos países em desenvolvimento, e suas causas principais são catarata, tracoma, oncocercose e determinados problemas de saúde da criança como a retinopatia das crianças prematuras, além da ausência de óculos.

A iniciativa mundial Vision 2020 já permitiu a cem Estados membros da ONU elaborar projetos e atividades nacionais com o citado objetivo de eliminar a cegueira que pode ser prevenida em tempo. Lançada em Genebra em 1999, a Vision 2020 fez um pedido a outras instituições das Nações Unidas, aos governos, às organizações que prestam serviços oftalmológicos, aos profissionais da saúde, às instituições filantrópicas e aos particulares para que colaborem com esse fim.