Oito pessoas morrem em ataque com mísseis no Paquistão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de janeiro de 2005 as 08:23, por: cdb

Oito pessoas morreram em um ataque com mísseis contra uma fábrica de processamento de gás na cidade de Sui, na província de Baluchistan, no sudoeste do Paquistão, informou nesta quarta-feira o canal de televisão local <i>Geo</i>.

Dois agentes de segurança e seis civis morreram e várias pessoas ficaram feridas atingidas pelos mísseis disparados por supostos terroristas nacionalistas baluchis.

Os ataques começaram na madrugada de terça-feira e prosseguiram até esta manhã, quando agentes da Guarda de Fronteiras paquistanesa tomaram a área e fizeram os autores dos atentados fugirem, segundo Geo.

O jornal de Islamabad <i>The News</i> afirmou hoje que “dezenas de mísseis e bombas foram disparados de vários lugares contra a fábrica de gás” de Sui, a principal do país, da qual se fornece a matéria-prima às principais cidades e indústrias do Paquistão.

O jornal acrescentou que nos últimos dias ocorreram diversos ataques contra os gasodutos que partem de Sui para diversos pontos do país e os funcionários da companhia proprietária da fábrica, a “Paquistão Petroleum Limited”. Por esse motivo, os trabalhadores foram retirados, e o abastecimento de gás de Sui foi interrompido.

Os grupos armados nacionalistas baluchis reivindicam uma ampla autonomia para a região e acusam o governo de Islamabad de ter abandonado a província e de não investir nela os benefícios do gás e os minerais que são extraídos de suas jazidas.