Oficina de Contação de Histórias está com inscrição online aberta

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 as 15:31, por: cdb

 

A Biblioteca Pública Municipal Mário de Andrade, no próximo dia 07 de março, recebe a Oficina de Contação de Histórias, das 10 às 17 horas. A atividade faz parte do Circuito de Oficinas e conta com 50 vagas. As inscrições estão abertas, gratuitamente, pela internet.
 A oficina apresentará técnicas e exercícios de contação de histórias desenvolvidos pela atriz e escritora Kiara Terra, que há treze anos criou o método de narração de histórias que tem a improvisação como forma de partilhar e criar histórias com o público. Com as estratégias exploradas, o contador de história acolhe a participação dos ouvintes na construção das histórias de forma ativa, valorizando o repertório do público, suas memórias, ideias e sensações.

 A Oficina de Contação de Histórias é uma realização do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Públicas, que tem como uma de suas atribuições promover a capacitação dos profissionais que atuam nas bibliotecas públicas. Porém as inscrições estão abertas para quaisquer interessados.
 A ideia é sensibilizar bibliotecários, agentes de leitura, professores e pessoas interessadas em narrar/contar histórias, além de oferecer ferramentas para que possam planejar, executar e reformular projetos já existentes de contação de histórias para trabalhá-los no dia-a-dia, conforme a necessidade e o contexto em que acontecerão.

 A oficina irá apresentar algumas das principais técnicas usadas por contadores de histórias, sendo algumas teatrais e outras não. A abordagem inclui as seguintes dinâmicas: narração de histórias, exercícios de improvisação, vivência com objetos, vivências acerca da construção de narrativas colaborativas, vivências sobre o papel do narrador, técnicas e métodos aplicáveis.
 Mais minuciosamente, a oficina abordará: modos de acolhimento, importantes para atrair a atenção e participação do público, sobretudo à das crianças; refletir acerca do papel do narrador; desenvolver a capacidade de escuta e improvisação; técnicas de instrumentalização do narrador para a elaboração de roteiros permeáveis, os quais tornam possível a participação mais efetiva do público; técnicas para o desenvolvimento do jogo de cintura; apresentação de conceitos básicos para a pesquisa de objetos para narração; apresentação da prática das histórias interativas.

 Vale lembrar que a oficina, em Araraquara, é oferecida pelo Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura, Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas e SP Leituras em Araraquara, com o apoio da Prefeitura de Araraquara, por meio da Secretaria Municipal da Cultura.
 As inscrições devem ser realizadas pelo link: https://docs.google.com/a/spleituras.org/spreadsheet/viewform?pli=1&formkey=dGNBWTI4eVpyc0VhLV80UTI4S216bVE6MQ#gid=0 .

   A palestrante – Kiara Terra é formada em Comunicação e Artes do Corpo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC) e como Atriz pelo Teatro Escola Célia Helena. Fundadora do Grupo A História Aberta, que desde 1998, cria e desenvolve pesquisa na linguagem da improvisação como forma de contar história.
 Fundadora também da Associação Cultural Jatobá, entidade sem fins lucrativos que agrega artistas, educadores e profissionais da área cultural e que tem como objetivo criar, mas, sobretudo, disseminar a cultura brasileira.
 Em 2009 publicou o livro “A menina dos pais-crianças”, pela editora Ática e, no segundo semestre de 2012, lançará “Hocus Pocus”, pela editora Cia. das Letrinhas.Fotos: Terra Brito