Obra de Andy Warhol é vendida por meio milhão de euros

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 26 de junho de 2003 as 21:19, por: cdb

A obra Dollar sign de Andy Warhol , que mostra o símbolo da moeda americana em preto sobre fundo vermelho, foi leiloada nesta quinta-feira, em Londres por 495.812 euros (566.475 dólares), um valor muito superior ao estimado.

O quadro, um dos vários que o artista pintou com esse motivo na década de 80 pouco antes de sua morte em 1987, superou o máximo de 420 mil euros (480 mil dólares), previsto pela casa de leilões Christie’s.

Na mesma sessão, dedicada a obras de artistas contemporâneos e posteriores à Segunda Guerra Mundial, também foi vendido o quadro Gravitación, do pintor e escultor espanhol Eduardo Chillida, por 129.412 euros (148.155 dólares).

– É o preço mais alto que já foi pago por um trabalho de Chillida em papel – disse a porta-voz da Christie’s, Alexandra Kindermann.

Entre os pintores espanhóis, Constelació no.6, pintada em 1989 por Miquel Barceló, foi arrematada por 364.892 euros (417.739 dólares), enquanto Pintura XLV, de autoria de Antoni Tapies feita em 1957, ficou sem comprador.

O Cuadro 140 (1961) de Manolo Millares foi vendido dentro do preço estimado, por 234.972 euros (269.003 dólares).

Embora o Dollar sign de Warhol tenha sido arrematado acima do valor previsto, ninguém supervalorizou outras obras do artista que também eram leiloadas, como Dois Maos, de 1973 (retratos de Mao Tsé Tung), e Camouflage, realizada em 1986 e que mostra o estampado dos uniformes de combate.

– O problema é que já há muitos trabalhos de Warhol no mercado – disse Kindermann para explicar a falta de interesse por estas obras.