Nova legislatura começa com 246 deputados de primeira viagem

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 31 de janeiro de 2007 as 10:52, por: cdb

A nova legislatura (2007-2010) que começa nesta quinta-feira, traz 246 novos parlamentares para a Câmara dos Deputados – a renovação foi de 47,95%. Das 513 cadeiras de deputados federais, 267 (52,05%) voltam a ser ocupadas por aqueles que conseguiram a reeleição. Os dados são do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), baseados no pleito de 1º de outubro. Em comparação ao início da legislatura passada, a atual renovação na Câmara foi um pouco maior. Em 2003, 230 deputados (44,83%) eram calouros no Legislativo federal, número que segue agora para 246: uma renovação de apenas 3,12%. Já o número de reeleitos caiu: há quatro anos, 283 voltaram à Câmara, dezesseis a mais que em 2007.

A experiência de vida também é uma das marcas da nova legislatura. Dos 513 parlamentares, 493 têm idade superior a 31 anos, 229 dos quais estão no grupo entre 31 e 50 anos, e 20 no dos mais novos, com idades entre 21 e 30 anos. Financeiramente, os parlamentares não terão dificuldades. Além do salário de R$ 12,8 mil, um deputado dispõe de R$ 50,8 mil mensais para gastos com pessoal, verba indenizatória de até R$ 15 mil (para gastos nos Estados com escritório, locomoção etc.), auxílio-moradia de R$ 3 mil, mais adicionais para gastos postais e de telefonia (R$ 4,2 mil) e passagens aéreas (R$ 4,1 mil a R$ 16,5 mil, dependendo do Estado de origem). Há também uma verba anual de R$ 6 mil para publicações, assistência médica e assinatura de quatro jornais e uma revista.