Nonô vence na Stock Car V8

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 15 de junho de 2003 as 12:41, por: cdb

Nonô Figueiredo, da Scuderia 111, venceu sua primeira prova no ano na Stock Car, a segunda na categoria. O piloto superou Ingo Hoffmann, que passou a ser o novo líder do campeonato, com o abandono de David Muffato.

– Não esperava a vitória, tivemos uma final de semana difícil, soubemos reagir. Estamos no caminho certo, temos que comemorar a vitória e eu a dedico à minha equipe – comentou o piloto depois da conquista.

A prova foi marcada por muitos incidentes e diversos toques. O maior deles gerou uma série de acusações. Na largada, Tiago Marques tocou em Pedro Gomes, que acabou acertando o carro do então líder, David Muffato. Voltas depois, numa disputa de posições, Pedro e Muffato acabaram se tocando e abandonando a prova. Foi aí que a polêmica começou.

– É simples. O Pedro encheu a minha traseira e me tirou da prova. Ele fez de propósito, ele é um moleque, não tem moral para estar na categoria. Ele é um sem-vergonha – esbravejou Muffato, logo após o abandono.

Pelo lado de Pedro Gomes, discursou Paulo, seu pai.

– O David pegou e praticamente entrou no carro do Pedro. Ele precisa entender que ele está desequilibrado, poderia ter gerado um acidente grave. Precisa ter sangue frio para correr aqui – disse Paulo.

Na prova, Figueiredo, que havia largado em terceiro, assumiu a liderança somente depois das paradas de reabastecimento. Daí em diante, não mais perdeu a posição. Completaram o pódio Chico Serra, Antonio Jorge Neto e André Giaffone.

Confira o resultado em Londrina:

1) Nonô Figueiredo (Scuderia 111), 33 voltas, 47min01s100
2) Ingo Hoffmann (Filipaper), a 5s681
3) Chico Serra (WB-Texaco), a 16s303
4) Antonio Jorge Neto (Medley-A. Mattheis), a 16s726
5) André Giaffone (Giaffone Motorsport), a 24s796
6) Carlos Alves (C. Alves Competições), a 28s192
7) Thiago Camilo (Scuderia Lobo), a 28s355
8) Mateus Greipel (Polipetro), a 35s638
9) Cacá Bueno (Petrobras-RS), a 1min06s513
10) Popó Bueno (Petrobras-RS), a 1min07s264
11) Rodney Felício (Salmini Racing), a 1min14s864
12) Fernando Correa (Katalogo), a 1min21s106
13) Sandro Tannuri (Filipaper), a 1 volta
14) Thiago Marques (Action Power), a 1 volta
15) Hélio Saraiva (Chapeta), a 2 voltas