Museu de Barueri apresenta a arte sacra na terra dos bandeirantes

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de março de 2012 as 06:19, por: cdb

01/03/2012«-»» Museu de Barueri apresenta a arte sacra na terra dos bandeirantes

Como parte das festividades de aniversário da cidade de Barueri, o Museu Municipal inaugura no dia 6 de março a exposição “A Arte Sacra na terra dos bandeirantes”, que poderá ser vista até o dia 6 de maio.

 

O acervo faz parte das coleções de Rafael Schunk e Joaquim Pereira Antunes Filho, que revelam produções artísticas do período bandeirista, barroco até a contemporaneidade. Estes trabalhos, de culto coletivo ou doméstico, representam a diversidade da arte sacra produzida em terras de bandeirantes, índios e jesuítas. Algumas pinturas de tradição propõem enfatizar a ligação e intercâmbio de São Paulo com os castelhanos da América Espanhola desde os tempos pioneiros.

           

Serão apresentados oratórios, tocheiros e palmas de altar originários do Vale do Paraíba e Tietê; destaque para a obra do artista Benedicto Amaro de Oliveira (1848-1923), o “Dito Pituba”, nascido em Santa Isabel-SP, e considerado um dos maiores santeiros populares do Brasil. O trabalho de Dito Pituba representa a cultura caipira como desdobramento da sociedade bandeirista e pode ser admirado em grandes instituições, como o Museu de Arte Sacra de São Paulo ou de Antropologia no Vale do Paraíba.

 

O percurso da exposição resgata produções sacras dos séculos XVI, XVII, XVIII, XIX, XX e XXI, desde o surgimento do barroco paulista até suas ramificações na cultura caipira, permanência de arcaísmos até a modernidade.

 

A exposição revela as tradições de caráter didático e memorial, enfatizando obras de grandes escultores, mestres ou anônimos, da produção religiosa conservada em território paulista, contribuindo para a valorização do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

 

As visitas poderão ser feitas de terça a sexta-feira, das 9 às 17 horas, e sábados, domingos e feriados, das 10 às 16 horas. A entrada é gratuita. O Museu fica na avenida Henrique Gonçalves Batista, 359, no Jardim Belval.

 

Mais informações: 4198-5975 e 4198-8298  Secretaria de Comunicação Social