Município com baixo índice de qualidade na educação receberá recursos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 19 de março de 2007 as 10:33, por: cdb

Os municípios com baixos índices de qualidade na educação vão receber dinheiro e apoio técnico do governo federal. É o que garantiu o ministro da Educação, Fernando Haddad, ao participar na edição desta segunda-feira do programa de rádio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Café com o Presidente.

– Há municípios que estão com baixo indicador de qualidade, mas têm recursos. Esse município precisa de apoio técnico do governo federal. Mas há municípios que, além de um baixo indicador de qualidade, não têm capacidade financeira. Esse município tem que receber tanto apoio técnico quanto apoio financeiro – explicou Haddad no programa semanal.

Ao apresentar, na última quinta-feira, o Plano de Desenvolvimento da Educação a educadores do país, o ministro disse que uma das propostas é criar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, novo método para medir a qualidade do ensino no país em uma escala de 1 a 10 e que combinará as notas do exame Prova Brasil e do rendimento escolar.

Com base nesses indicadores, o Ministério da Educação vai selecionar as cidades que deverão receber recursos adicionais da União para investimento no sistema de ensino, além dos repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Conforme a apresentação do ministro na semana passada, a idéia é ajudar, ainda neste ano, os mil municípios que apresentam os piores indicadores educacionais.