Multidões vão às ruas contra reformas de Putin

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 14 de janeiro de 2005 as 18:02, por: cdb

A Rússia viveu, nesta sexta-feira, mais um dia de protestos generalizados contra a reforma do sistema de benefícios estatais.

Esse foi o quinto dia de protestos, em que multidões de aposentados vêm tomando conta das ruas, bloqueando estradas e centros das cidades russas.

Em São Petesburgo, mais de 400 deles se reuniram no centro para uma manifestação contra a substituição de benefícios como transporte de graça por pagamentos em dinheiro.


Na cidade de Penza, a 600 quilômetros ao sul de Moscou, a polícia impediu que a multidão invadisse a prefeitura.

Desassossego

Um sindicato independente de trabalhadores da Rússia ameaçou organizar uma greve.
O correspondente da BBC em Moscou descreve os protestos como uma onda de distúrbios sociais em escala nunca vista durante o governo do presidente Vladimir Putin, em um país em que o Kremlin está acostumado a ter controle firme.

Putin tem falado pouco sobre os distúrbios.

A reforma do sistema de seguridade social é uma parte chave dos planos de Putin de modernizar a economia da Rússia.