Mullher cambojana é a 13º vítima da gripe do frango

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 1 de fevereiro de 2005 as 05:40, por: cdb

Uma mulher cambojana de 25 anos é a décima-terceira pessoa a morrer no Vietnã desde dezembro por causa da denominada “gripe do frango”, segundo confirmaram, nesta terça-feira, as autoridades sanitárias do país comunista.

A análise de sangue confirmou que Soc Khol morreu no domingo infectada pelo H5N1, a versão humana do vírus causador da gripe do frango.

O resultado foi difundido pelo doutor Phan Van Tu, diretor do laboratório do Instituto Pasteur da sulina Ho Chi Minh (a antiga Saigon).

Soc Khol é a primeira cidadã do Camboja a morrer por causa da epizootia.

Oriunda da província cambojana de Kampot, a jovem foi internada no hospital provincial de Kien Giang, no sul do Vietnã, depois que seu irmão morreu com sintomas de ter contraído o vírus da gripe do frango.

De acordo com as fontes sanitárias, o irmão de Khol não foi submetido a nenhum tipo de análise para comprovar se era portador do H5N1.

As autoridades cambojanas disseram nesta segunda-feira que Soc Khol pode ter contraído a doença quando há duas semanas sacrificou vários frangos em seu povoado, perto da fronteira com o Vietnã.