Mulheres na política é tema de concurso do Mercosul

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 as 13:11, por: cdb

“Paridade e Igualdade” é o slogan do Concurso de Audiovisuais 2012, lançado pela Reunião Especializada da Mulher do Mercosul (REM), onde a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) participa representando o Brasil. O objetivo do concurso é sensibilizar a sociedade para a necessidade de aumentar a participação política das mulheres em todos os âmbitos e conquistar a paridade de gênero.

Mesmo com alguns avanços, as mulheres continuam a não estar suficientemente representadas nas instâncias políticas. A discriminação contra as mulheres nos espaços de poder e a falta de oportunidades reais para a sua participação política são um dos desafios a superar no caminho pela igualdade de gênero, avalia a Reunião Especializada da Mulher do Mercosul (REM) .

O organismo intergovernamental avalia ainda que “é necessário que as mulheres participem plenamente e com responsabilidades equitativas da vida política dos países, em todos os níveis: acesso à tomada de decisões, direito de viver uma vida livre de violência, respeito ao seu corpo e o exercício de todos os direitos reprodutivos”.

Os quatro países membros do Mercosul reconheceram os plenos direitos políticos das
mulheres ainda na década de 1930, no Brasil (1934) e Uruguai (1932), nos anos 1940 na Argentina (1947) e duas décadas mais tarde no Paraguai (1961). A a aquisição destes direitos não garantiu as possibilidades reais de acesso das mulheres aos postos de decisão política.

A proporção de mulheres nos parlamentos nacionais do Mercosul oscila entre de 9 a 38%.
Na Argentina este número é reconhecidamente maior, já que este país possui uma Lei de Cotas desde o ano 1991.

A equidade de gênero nos espaços de decisão e nos órgãos legislativos (regionais, nacionais e locais), permite que as mulheres possam colocar na agenda política os seus interesses, que foram historicamente marginalizados frente às demandas do coletivo hegemônico de valores e pautas masculinas.

Serviço:
Podem se inscrever metragens de até um minuto, que concorrerão a dois prêmios: 1° Prêmio Jurado REM, no valor de seis mil dólares e 2° Premio Jurado Popular, no valor de dois mil dólares, com votação através da plataforma You Tube. O envio de propostas deve ser feito até 30 de março. Para mais informações acesse o sítio da Mercosurmujeres.

Fonte: Secretaria de Políticas para as Mulheres

 

..