Mulheres lançam campanha pela legalização do aborto

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de janeiro de 2005 as 14:40, por: cdb

A organização não-governamental Católicas pelo Direito de Decidir lançou nesta quinta-feira  uma campanha nacional pela legalização do aborto, para garantir o atendimento das mulheres nos serviços de saúde pública. Devem participar do lançamento as ministras Nilcéa Freire, da Secretaria Especial de Políticas para Mulheres, e Matilde Ribeiro, da Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial.

As organizações envolvidas na campanha querem aproveitar a realização do 5º Fórum Social Mundial para ampliar a participação de outros movimentos sociais.

– Uma das estratégias da campanha é ganhar o apoio da população à idéia de tratar o aborto como uma questão social – afirma Dulcelina Xavier, integrante da Católicas pelo Direito de Decidir. Dados do Ministério da Saúde indicam que cerca de 250 mil mulheres são internadas por ano no Sistema Único de Saúde (SUS) por conseqüências do aborto.

A campanha reforça as ações da ministra Nilcéa Freire, que em 2004 coordenou a elaboração do 1º Plano Nacional de Políticas para Mulheres. Entre outras diretrizes, o plano se propõe a garantir os direitos sexuais e reprodutivos das mulheres.

Também nesta tarde movimentos e organizações feministas que integram a Marcha Mundial de Mulheres realizam assembléia para definir suas ações em diversos países em 2005.