Mulher mata filho deficiente para não vê-lo sofrer

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 1 de novembro de 2003 as 17:05, por: cdb

Uma mulher italiana de 46 anos matou nesta sexta-feira à noite o filho deficiente de 28 anos em sua casa de Ville del Monte, na região nordeste do Trentino Alto Adige, informou neste sábado a polícia.

Marta Pasolari, divorciada em duas ocasiões, foi detida e internada na seção de psiquiatria do hospital de Trento por ordem do juiz, para o qual disse que cometeu o crime para não ver mais seu filho sofrer.

O estado de saúde do jovem, que desde os seis meses sofria uma grave patologia que o obrigava a se deslocar em uma cadeira de rodas, tinha piorado nos últimos tempos, segundo os familiares. Vizinhos da suposta assassina, que logo após cometer o crime se entregou à polícia, destacaram a abnegação com que a mãe cuidava sempre de seu filho.