Mulher indígena é nomeada ministra no Equador

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 6 de janeiro de 2003 as 13:23, por: cdb

É a primeira vez, em 510 anos de história e 172 anos de vida republicana, que o Equador terá uma mulher indígena como Ministra. No dia 30 de dezembro de 2002, Nina Pacari foi nomeada Ministra das Relações Exteriores do Equador, no novo governo de Lucio Gutiérrez.

Nina é deputada, ex-vice-presidente do parlamento e uma das fundadoras da Confederação de Nacionalidades Indígenas do Equador (Conaie). Contrária à implantação da Área de Livre Comércio das Américas (ALCA) e à presença de americanos na base aérea de Manta, Nina Pacari considera este momento um fato histórico para os movimentos indígenas e assegura que é importante pensar em uma política migratória que signifique crescimento para o país, assim como uma política de integração econômica, cultural e política.

Para o Ministério da Agricultura também foi indicado um indígena, Luis Macas, ex-presidente da Conaie, que se destaca nos trabalhos relacionados à nutrição e saúde dos povos do Equador.