Mujica espera, com Dilma, relações mais estreitas entre Brasil e Uruguai

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 1 de janeiro de 2011 as 19:35, por: cdb

>
01/01/2011Mujica espera, com Dilma, relações mais estreitas entre Brasil e Uruguai

Danilo Macedo e Luciana Lima
Repórteres da Agência Brasil

Brasília – O presidente do Uruguai, José Mujica, disse que espera que a política de aproximação com países da América Latina, intensificada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, seja seguida por Dilma. “Espero que o traço fundamental da política de Lula se mantenha e se multiplique” disse ele, ao chegar no Itamaraty para o coquetel em homenagem à nova presidenta.

“Espero que o Brasil entenda que tem o papel de liderança na América Latina. Os latino-americanos têm que andar muito mais juntos do que têm andando até agora, com maior unidade”, disse o presidente uruguaio.

Após a transmissão de cargo no Palácio do Planalto, Dilma conversou demoradamente com Mujica e a mulher dele, a senadora Lucía Topolansky. O casal tem um ponto comum com a presidenta Dilma: um passado de luta armada contra a ditadura militar. Mojica considerou a eleição de Dilma um avanço para a democracia brasileira.

Edição: Vinicius Doria

Leia também:

Hillary Clinton deixa o Itamaraty antes da chegada de Dilma Dilma recebe líderes internacionais no primeiro dia de trabalho Piñera diz que Dilma garantiu que manterá “relações profundas” com o Chile Dilma leva mais tempo com Hillary, Chávez, Mujica e Lugo entre as autoridades estrangeiras na posse