MUG trabalha a todo vapor para encantar no carnaval

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 as 16:51, por: cdb

Para brilhar e fazer bonito na avenida, a movimentação na quadra da escola Mocidade Unida da Glória (MUG) é intensa. São dezenas de profissionais que há mais de três meses passam os dias cortando, colando, moldando arames e preparando os adereços dos três tripés e dos cinco carros alegóricos que prometem levar o público da avenida ao delírio. Consciente de sua responsabilidade como campeã do último carnaval, a equipe de profissionais da agremiação vermelho e branco dá o melhor de si e produz fantasias dignas dos componentes das 19 alas que desfilarão no Sambão do Povo.

Com o enredo “Gonzagão! O filho do sertão, a majestade do baião – 100 anos de glórias”, a MUG vai homenagear Luiz Gonzaga no carnaval capixaba de 2012. Alusivas à história de vida do rei do baião, todas as criações são luxuosas e vão encantar o público e os foliões na madrugada de 12 de fevereiro.

Entre centenas de metros de tecido, Márcia Valadares, estilista da MUG há dez anos, não esconde a sua paixão pela escola. “Faço toda a composição dos carros e das fantasias. Adoro estar aqui e pensar na magia do carnaval. Me encanta ver na avenida as pessoas pulando, dançando, dando tudo de si para a escola vencer. A MUG é uma fábrica de sonhos e de realizações. Tudo começa com uma simples ideia. Meses depois, o risco na folha de papel se materializou em algo maravilhoso e real. Cortando e costurando essas peças vamos dando forma ao grande espetáculo que a escola apresentará na avenida”, falou Márcia, ao contribuir com a sua arte para que a agremiação faça bonito na avenida.

Responsável pelo setor de plumas, a mosaicista Laurita Pais Santana, há dois anos na MUG, seleciona, trata e padroniza as 48 mil plumas que vão compor as fantasias e os carros alegóricos da escola. “Estamos trabalhando a todo vapor, mas o resultado final é compensador. Somos bastante exigentes e queremos apresentar um grande espetáculo. Nossas fantasias estão belíssimas, cheias de plumas e paetês”, contou Laurita.

Quem também esta ansiosa para ver a sua arte na avenida é Iris Rocha de Souza. “Este é o meu primeiro emprego. Colo aproximadamente sete mil plumas por dia. Estamos a menos de um mês para o carnaval e nosso trabalho vai fazer a diferença na passarela. Estou adorando a energia do barracão”, disse Iris, que não vê a hora da MUG ser aplaudida no Sambão do Povo.

Luiz Gonzaga do Nascimento – o Rei do Baião

O cantor e compositor nascido em 13 de dezembro de 1912, em Exu – Pernambuco, foi uma grande figura da música popular brasileira. Com sanfona, zabumba e triângulo, o compositor levava alegria, em meio a pobreza do sertão nordestino, para os forrós e festas juninas. Em uma época que poucos conheciam o baião, o xote e o xaxado, foi através de Gonzagão que o Brasil descobriu o ritmo nordestino com canções como “Baião” (1946), “Asa Branca” (1947), “Siridó” (1948), “Juazeiro” (1948), “Qui Nem Giló” (1949) e “Baião de Dois” (1950). Graças as suas canções, foi admirado por grandes nomes da MPB como Dorival Caymmi, Gilberto Gil, Caetano Veloso e outros. Gonzagão faleceu no dia 02 de agosto de 1989, em Recife.

 

Informações à imprensa:

Assessoria de Comunicação Semas

Regina Alves

27 3149-7924 / 9800-2020