Movimento social é recebido na SMTT

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 24 de janeiro de 2012 as 17:39, por: cdb

Integrantes do Movimento ‘Não Pago’ se reuniram como o superintendente Antonio Samarone e com a diretoria de transporte público da SMTT (Fotos: Ascom SMTT)

Durante a manhã desta terça-feira, 24, estudantes que compõem o movimento social ‘Não Pago’ se reuniram com a Diretoria de Transportes Públicos da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) para debater a questão do transporte urbano de Aracaju. O superintendente Antonio Samarone fez questão de recebê-los.

“Nós podemos e devemos andar juntos, quando for para discutir assuntos comuns da sociedade, o faremos. Para construir o Plano de Mobilidade Urbana (PMU) de Aracaju é obrigatório, por se tratar de um projeto de cidadania. O transporte público é um dos primeiros pontos que debateremos com a sociedade durante a construção do PMU”, afirmou Samarone.

Para o economista integrante do movimento, Demétrio Varjão, o encontro foi positivo porque a SMTT se colocou à disposição em atender os anseios do grupo, como o de participação ativa na elaboração do PMU e avaliação das tarifas do transporte público da capital. “Vamos ficar no pé para que isso ocorra”, enfatiza.

Na reunião, o superintendente Antônio Samarone e a equipe da SMTT deixaram claro que o foco da SMTT é o de construir o PMU em conjunto com a sociedade, ouvindo grupos, entidades, ONGs, moradores e instituições.

O estudante Alex Pedrão disse que o interesse do movimento é o de fazer parte do novo momento que Aracaju irá vivenciar, com a elaboração do projeto, que irá transformar a mobilidade urbana da capital. “Viemos saber de dados precisos para elaborarmos estudos sobre o Plano”, completa.