Moscou fornecerá combustível nuclear

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 6 de junho de 2003 as 00:17, por: cdb

A Rússia fornecerá combustível nuclear para o Irã mesmo que Teerã se negue a assinar o protocolo agregado que autoriza inspeções, sem prévio aviso, da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

Assim anunciou o porta-voz do Ministério do Exterior russo, Aleksander Iakovenko, segundo informações divulgadas pela agência de noticias russa Itar-Tass.

A decisão ocorre após que os EUA transmitiram sua preocupação à Rússia pela transferência de tecnologias deste país para Teerã para a construção de plantas nucleares para uso pacífico.

“Certamente sim” disse o porta-voz da chancelaria quando foi consultado se a Rússia providenciaria combustível ao Irã mesmo se este país não respeite o protocolo da AIEA.

O desenvolvimento nuclear iraniano foi tema incluído no documento final do Grupo dos Oito, que concluiu na terça-feira passada em Evian, França. Vladimir Putin assinou esta declaração relativa ao Irã.

A afirmação do funcionário do Ministério de relações russas realizadas hoje contrasta com a atitude de Putin na França.

O citado documento do G8 foi um dos mais polêmicos da reunião e deu origem a várias interpretações. Enquanto os EUA interpretam que esta declaração conjunta autoriza o emprego da força contra o Irã, o presidente Jacques Chirac disse que não cabe fazer esta leitura e quem não há nenhuma hipótese de guerra contra Teerã.

Por sua vez, o governo iraniano, através da radio estatal, divulgou um comunicado na qual rechaça as pressões dos EUA e reivindica continuar com o programa de desenvolvimento nuclear para fins pacíficos.