Morre sexta vítima de acidente com bonde em Santa Teresa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 5 de setembro de 2011 as 12:11, por: cdb
O acidente com o bonde de Santa Teresa que matou outras cinco pessoas e deixou 57 feridos no dia 27

Morreu na madrugada desta segunda-feira Alcides de Abreu Gonçalves, de 73 anos, a sexta vítima do acidente com o bonde de Santa Teresa que matou outras cinco pessoas e deixou 57 feridos no dia 27. Alcides estava internado no Hospital Badim, na Tijuca, Zona Norte do Rio.

De acordo com familiares, o aposentado havia quebrado o braço e sofrido um edema na cabeça. Ele deu entrada inicialmente no hospital Souza Aguiar, de onde foi transferido para o Doutor Badin. Um princípio de pneumonia pode ter prejudicado o quadro de saúde do idoso.

Alcides estava com o filho, a namorada e os familiares da mulher em um passeio por Santa Teresa no momento do acidente. Parentes ainda aguardam a liberação do corpo junto ao IML para decidir local e horário do sepultamento.

No acidente, morreram João Batista Soares, Ivone da Silva, Nelson Correa da Silva (maquinista), Claudia Lilian Almeida Fernandes e Maria Eduarda Nunes.

O administrador de empresa Alexandre Maróstica, que ficou ferido no acidente  teve alta do Hospital Beneficência Portuguesa, em Campinas, na manhã desta segunda-feira . Ele, a esposa Cláudia Amatte e o irmão dela, Vicente Amatte, tiveram fraturas e escoriações. Alexandre ficou nove dias internado e neste período houve suspeita de infecção por bactéria. Após exames, a hipótese foi descartada.

Já a esposa dele contraiu a infecção e continua internada no mesmo hospital aguardando resultado de exames médicos para diagnosticar por qual bactéria ela foi infectada.

Uma semana após o acidente, moradores do bairro voltaram a fazer protestos contra a falta de manutenção. Eles saíram em caminhada pela Rua Joaquim Murtinho até o local onde ocorreu o acidente.
 
Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli fizeram uma perícia complementar na manhã deste domingo, no local do acidente.

Segundo a polícia, os peritos colocaram um bonde para funcionar por volta das 6h e tiraram algumas dúvidas referentes às circunstâncias do acidente. Não foram passados detalhes do trabalho dos peritos. O laudo final será entregue ao delegado titular da 7ª DP, Tarcísio Jansen.