Morre mulher que ateou fogo ao próprio corpo em Londres

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 23 de junho de 2003 as 20:10, por: cdb

Uma mulher que ateou fogo às vestes semana passada em frente da embaixada da França em Londres, em protesto contra a operação policial francesa que prendeu os Mujahedines do Povo iraniano (oposição ao regime de Teerã), morreu nesta segunda-feira no hospital Chelsea e Westminster.

Trata-se de Neda Hassani, de 25 anos, residente no Canadá e que fazia uma visita à Grã-Bretanha, declarou um porta-voz do Conselho nacional da resistência iraniana, nome político dos Mujahedines do Povo.

Segundo a polícia, a mulher faleceu às 16h40 locais (15h40 GMT). Quatro pessoas tentaram imolar-se pondo fogo às roupas em frente da embaixada francesa em Londres na semana passada para denunciar a operação realizada perto de Paris.