Morre integrante do conselho do Iraque que sofreu atentado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 25 de setembro de 2003 as 10:46, por: cdb

Uma integrante do Conselho Provisório do Governo do Iraque, Aquila Al-Hashimi, morreu cinco dias após ter sido alvo de um atentado a tiros.

Uma declaração divulgada pelo administrador interino do Iraque, Paul Bremer, traz uma homenagem a Al-Hashimi, que é descrita como uma campeã corajosa e uma pioneira das causas da liberdade e da democracia.
Al-Hashimi foi pega numa emboscada quando saía de casa, em Bagdá, no sábado de manhã.

Os atiradores atacaram o comboio que levava Al-Hashimi com metralhadoras e uma bomba.

Pêsames

Diplomata de carreira, Aquila Al-Hashimi era uma das três mulheres que compunham o Conselho Provisório do Governo do Iraque.

Ela teria levado dois tiros no estômago, um em uma das pernas e um quarto tiro em um dos ombros.

Sobre a morte de Al-Hashimi, Paul Bremer disse: “Em nome do Conselho Provisório do Governo do Iraque e de todos os seus membros, ofereço meus pêsames à sua família, a seus colegas no Conselho Provisório e ao povo do Iraque”.

O ataque contra Al-Hashimi foi o primeiro assassinato de um integrante do Conselho Provisório do Iraque.