Moradores da Amazônia receberão 1,1 milhão de mosquiteiros

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 7 de setembro de 2011 as 16:06, por: cdb

08.09.2011 

Os moradores dos 47 municípios da Amazônia Legal, onde o risco das pessoas contraírem malária é maior, receberão 1,1 milhão de mosquiteiros ou cortinados impregnados com inseticida de longa duração.

A região concentra 99% dos casos registrados no País. A estratégia faz parte da campanha Mobilização contra a Malária, que colocará em ação os agentes da Estratégia Saúde da Família e os de endemias para orientar a população local com base em materiais como panfletos, gibis e DVDs.

O Ministério da Saúde pretende ainda reforçar a importância do diagnóstico precoce na região e incentivar a realização do tratamento completo – que varia de três a sete dias. Os principais objetivos são apoiar os municípios no controle da doença, aumentar os pontos para diagnóstico e o envolvimento das comunidades em regiões de risco e estimular o trabalho conjunto com países vizinhos.