Modelo brasileira morre vítima de anorexia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 15 de novembro de 2006 as 12:59, por: cdb

A modelo paulista, Ana Carolina Reston, 21, morreu nesta terça-feira em consequência de anorexia. A jovem tinha 1,72m e pesava 40kg. Ela estava internada desde outubro com insuficiência renal. O quadro se agravou e a modelo teve infecção generalizada. O enterro foi realizado em Pirapora do Bom Jesus, a 53 km de São Paulo.

Carolina havia passado por agências como a Ford, Elite e L´Equipe. A modelo de cabelos castanhos e olhos verdes foi descoberta por um “olheiro” da Ford em um shooping de Jundiaí. Trabalhou em países como China, Turquia, México e Japão. Ela dizia que escolheu a profissão para ajudar a mãe, mas queria estudar engenharia naval.

Em setembro, o mais importante evento da moda na Espanha proibiu modelos muito magras nas passarelas. Os espanhóis decidiram rejeitar 30% das modelos que desfilaram na última edição por não se enquadrarem nos novos parâmetros estabelecidos por especialistas nutricionistas, a fim de passar uma imagem saudável.

A polêmica foi acirrada após a morte da jovem modelo uruguaia Luisel Ramos, vítima de uma dieta para emagrecer, na qual durante três meses só comeu saladas verdes e bebeu refrigerantes dietéticos.