Ministros são exonerados para posse

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 31 de janeiro de 2003 as 14:06, por: cdb

O Diário Oficial desta sexta-feira circula com a exoneração de sete ministros, eleitos em outubro, que e assumirão mandato na Câmara dos Deputados e no Senado. Entre os demitidos está o ministro dos Transportes, Anderson Adauto, que poderá não voltar a ocupar a pasta.

Foram exonerados os ministros da Educação, Cristovam Buarque, do Meio ambiente, Marina Silva, da Casa Civil, José Dirceu, da Previdência, Ricardo Berzoini, dos Transportes, Anderson Adauto, dos Esportes, Agnelo Queiroz, e das Comunicações, Miro Teixeira. Cristovam e Marina assumirão mandatos no Senado e os outro cinco na Câmara.

Na segunda-feira, o governo deverá publicar decretos renomeando os ministros, que deverão se licenciar do Congresso. Há rumores em Brasília quanto ao retorno ao cargo do ministro dos Transportes. Adauto é alvo de suspeitas quanto à participação em sociedades duvidosas, em Minas Gerais.