Ministro de Israel pede saída de Sharon

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 28 de março de 2004 as 13:53, por: cdb

O ministro da Infra-Estrutura israelense, Yosef Paritzky, disse que Ariel Sharon deveria deixar o governo em função das denúncias de suposto envolvimento em um escândalo de corrupção.

“Sob tais circunstâncias, o primeiro-ministro deveria renunciar”, afirmou Paritzky à rádio de Israel. “Eu esperaria que ele dissesse que está pronto para ir para casa e que lutaria de lá para provar sua inocência.”

O ex-ministro da Justiça israelense Yossi Beilin, um dos formuladores dos acordos de paz de Oslo, de 1993, também pediu que Sharon renuncie ao seu cargo.