Ministra Brasileira é destaque em reunião da ONU

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 14 de março de 2003 as 23:48, por: cdb

Em entrevista concedida à Rádio Rio de Janeiro no programa “Mulher Brasileira”, a Ministra Emília Fernandes, que preside a Secretaria de Estado para os Direitos da Mulher, falou sobre sua participação na 47ª Sessão do Comitê das Nações Unidas sobre a Condição da Mulher. Pela primeira vez, em 57 anos de existência da entidade, uma integrante do primeiro escalão do governo brasileiro esteve presente à reunião.

“Levei a mensagem da voz da mulher brasileira, do povo brasileiro, do novo momento político que está se vivendo e quais os compromissos do Presidente Lula para os próximos 4 anos”, disse Emília.

Além de apresentar os projetos de sua secretaria (elevada no governo Lula ao status de ministério), a Ministra reafirmou na reunião da ONU o compromisso do atual governo com a Declaração do Milênio (especialmente na área do combate à fome, à miséria e à exclusão, com o programa Fome Zero) e debateu os dois temas principais do evento: “A Mulher e os Meios de Comunicação” e “A Mulher e a Violência”. Seu discurso foi proferido no dia mais importante da reunião: o dia 07, consagrado à homenagens ao Dia Internacional da Mulher.

A conferência, que começou no último dia 03 e termina nesta sexta-feira na sede da ONU, em Nova Iorque, reuniu representações de mais de 40 países, incluindo delegações governamentais oficiais e ONG’s. A Ministra retornará às Nações Unidas em julho, quando fará a defesa do relatório sobre a condição da mulher no Brasil, apresentado pela primeira vez ao comitê no ano passado.

Na entrevista, a Ministra Emília Fernandes ainda fez referências à homenagem recebida na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro pelo Dia Internacional da Mulher, em sessão ocorrida na última 2ª feira. “Quero mais uma vez agradecer à Assembléia Legislativa e reafirmar o meu compromisso de luta com todas as mulheres do país e com todos os homens, porque a nossa luta é pela igualdade”, disse.