Ministério da Saúde irá credenciar 1.858 novos leitos de UTIs no SUS

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de maio de 2003 as 19:02, por: cdb

Até julho, 1.858 novos leitos de UTI serão credenciados pelo Ministério da Saúde para atendimento de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). A medida, anunciada nesta terça-feira pelo ministro Humberto Costa, visa minimizar o problema da falta de UTIs e evitar que aconteçam novas crises no sistema como ocorreu em Fortaleza, no início de maio.

No Ceará, foi constatado o mal gerenciamento dos leitos de UTI. Agora o governo pretende trabalhar em conjunto com as secretarias estaduais e municipais para rever tetos financeiros e criar instrumentos integrados de planejamento, regulação e auditoria.

Mesmo com o credenciamento de mais de 2 mil novos leitos até o primeiro semestre de 2004, o sistema ainda ficará com um déficit de 1.418 leitos no país. – Pretendemos reduzir o déficit de leitos a partir de um trabalho ativo.

Vamos pegar municípios onde o déficit permanece e vamos criar, organizadamente, a oferta de novos leitos para diminuir as desigualdades regionais – declarou o ministro Humberto Costa. Os recursos virão do orçamento do Ministério da Saúde, no valor de R$ 51 milhões.