Ministério da Agricultura veta uso do glifosato e agora pode liberar

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 14 de outubro de 2003 as 20:16, por: cdb

Menos de uma semana depois de ter ratificado a proibição do herbicida glifosato, utilizado nas lovouras de soja transgênica, Round Up Ready (RR), o Ministério da Agricultura admitiu nesta terça a possibilidade de liberação do produto.

De acordo com Gerabes Evangelista, diretor do Departamento de Defesa em Inspeção Vegetal, os técnicos do Ministério da Agricultura vão sugerir a possibilidade de uso do produto em soja Organicamente Modificada no período pós-emergente.

Isto deve acontecer na próxima semana na reunião do Comitê Técnico de Assessoramento para Agrotóxicos, que conta também com as participações de representantes dos Ministério da Saúde e do Meio Ambiente, encarregados de examinar o assunto. A soja transgênica é resistente ao herbicida, “mas para torná-la competitiva, é preciso usar o glifosato”, afirma Geraber.

Este produto, no entanto, causa prejuízos na soja convencional provocando a morte da planta. O Ministério reconhece que há 26 produtos à base de glifosato registrados e que podem ser utilizados no pré plantio ou sobre ervas daninhas.

Na semana passada, a multinacional Monsanto, que fabrica o glifosato, divulgou uma nota dizendo que espera, o mais breve possível, o registro do governo brasileiro para o uso de glifosato em lovouras de soja. A empresa justificou o uso desse agrotóxico em decorrência da liberação, no mês passado, da soja modificada geneticamente por parte do governo.