Ministério combaterá turismo sexual no carnaval

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de janeiro de 2005 as 11:19, por: cdb

O Ministério do Turismo está elaborando um plano de ação para combater o turismo sexual infantil durante o carnaval. A idéia é iniciar uma mobilização nas cidades mais visitadas nessa época como Rio de Janeiro, Recife, Salvador, Fortaleza e Florianópolis, envolvendo diversos setores da sociedade.

As medidas fazem parte do Plano Nacional de Enfrentamento à Exploração Sexual e Comercial de Adolescentes e Crianças no Turismo, que será lançado durante o Fórum Mundial Social neste mês em Porto Alegre.

O coordenador de ações do Ministério do Turismo, Sidney Alves Costa, informou que o governo vai trabalhar em parceria com os profissionais que atuam no setor de turismo, como funcionários de empresas aéreas, hotéis, bares e restaurantes, camelôs e taxistas.

– Nós estamos trabalhando com a sociedade organizada buscando mecanismos de conscientização de cada setor, de cada profissional, sobre a importância da sua cooperação e informando os melhores mecanismos que ele pode adotar no sentido de prevenir essa exploração. Isso não pode ser definido como turismo porque é uma ação criminosa e deve ser tratada como tal, informou o coordenador.

Sidney Alves Costa destacou a participação das empresas aéreas na campanha.

– As empresas aéreas, a Gol, a TAM e a Varig vão iniciar também. Nos seus vôos elas estão fazendo referência à campanha, conscientizando os passageiros e mostrando que existe uma mobilização nacional para combater o turismo sexual – explicou o coordenador do Ministério do Turismo.

De acordo com Sidney Costa, os turistas estrangeiros quando chegam ao Brasil reconhecem que o país não é rota do turismo sexual e que existe um trabalho efetivo do governo e da sociedade para combatê-lo. O Ministério do Turismo, de acordo com o coordenador, vai fazer um levantamento sobre a ocorrência de casos de exploração sexual de adolescentes e crianças no Brasil.