Militantes suspeitos continuam detidos na Malásia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 23 de setembro de 2003 as 04:58, por: cdb

 A Malásia estendeu nesta terça-feira a detenção de dez militantes suspeitos, incluindo o filho de um líder espiritual da oposição islâmica, que já foi preso durante dois anos, disse um funcionário do governo.

O funcionário disse que o vice-primeiro-ministro Abdullah Ahmad Badawi assinou as ordens depois de decidir que os homens de grupo local chamado Kumpulan Militan Malaysia (KMM) ainda representavam uma ameaça à segurança nacional.

Ele disse que enquanto o KMM estava separado da Jemaah Islamiah (JI) – desdobramento da rede Al-Qaeda no Sudeste Asiático culpado por uma série de ataques a bomba – houve várias passagens de cargos de pessoas envolvidas com a JI.